Subscribe

RSS Feed (xml)

Powered By

Skin Design:
Free Blogger Skins

Powered by Blogger

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

QUIRAL - POEMA - SYLVIA BEIRUTE

























QUIRAL

street street street street street street street street
street street street street
street street street street street street street street
street secret street street
street street street street street street street street
street street street street
street street street street street street street street
street street street street
street street street street street street street street
street street street street
street secret street street
street street street street street street street street 
street street street street

um segredo murmura do outro lado
do silêncio
como um pássaro que silencia o ar.

Sylvia Beirute
inédito
.

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Nada mais se poderá dizer a este teu silêncio a não ser que o silêncio provoca silêncio.
    Parabéns
    Tomanel
    Portugal - Algarve - Faro

    ResponderEliminar
  3. Sempre gostei de murmúrios do silêncio. Bom poema.

    ResponderEliminar
  4. não passo pelos blogs nem neles me detenho tanto quanto desejaria (falta de disponibilidade), mas não quero deixar de dizer que me agrada muito este, desde os teus poemas aos textos com que contemplas outros poetas.

    abraço.

    ResponderEliminar
  5. Show... dependendo da pronúncia (junto da imagem) dá pra visualizar um segredo escondido das ruas. Um quintal com árvores murmurando, e com certa sorte, alguns pios de pardais. Muito show...

    ResponderEliminar