Subscribe

RSS Feed (xml)

Powered By

Skin Design:
Free Blogger Skins

Powered by Blogger

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

VIEIRA CALADO - POEMA - MAIS NADA




Alguns dos poemas do poeta do Algarve Vieira Calado remetem-me para um ambiente pessoano. Gostei deste Mais Nada.

MAIS NADA

Antes de morrer não vou dizer nada
porque nada iria servir para nada.

O que as outras pessoas querem que eu diga
já o disse.

O que os amigos querem que eu faça
já o fiz.

Só não lhes disse
que ao morrer não iria dizer ou fazer mais nada
porque não há nada mais ridículo
que dizer ou fazer o que quer que seja
ao morrer.

Vieira Calado
inédito lido no blogue do poeta
.

1 comentário:

  1. Agora me dou conta que publicou esse meu poema.
    Obrigado.
    Bem haja!

    ResponderEliminar