Subscribe

RSS Feed (xml)

Powered By

Skin Design:
Free Blogger Skins

Powered by Blogger

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

J. KEATS E A POESIA

























A poesia deve-nos surpreender pelo seu delicado excesso e não porque é diferente. (...) A beleza de um poema não está na capacidade que ele tem de deixar o leitor contente. A poesia é sempre uma surpresa, capaz de nos tirar a respiração por alguns momentos. Ela deve permanecer em nossas vidas como o pôr-do-sol: algo milagroso e natural ao mesmo tempo. 

J. Keats (1795 - 1821)
 

2 comentários:

  1. Estou de acordo. O mesmo se aplica a toda a forma de escrita literária.
    Jorge Manuel Brasil Mesquita
    Lisboa, 10/09/2010

    ResponderEliminar